abordagem a conversão qual a estrategia

Da abordagem ao cliente à conversão: qual a estratégia?

Postado por: Just4Contact - 25/04/2018

Toda empresa tem a intenção de vender, ou melhor, levar o consumidor à conversão. Seja prestando serviços ou oferecendo produtos, seja para corporações ou consumidor final, o objetivo é sempre concluir algo.

Contudo, mesmo que seja o objetivo primário de toda empresa, nem todas dominam essa técnica ou fazem isso de forma efetiva, que garante o seu espaço no mercado. Isso acontece porque, muitas não adotam as estratégias ou tem o conhecimento necessário no assunto.

Mas afinal, qual é a melhor estratégia?

Em primeiro ponto, é preciso compreender que a opinião do cliente é o que mais conta nesse processo. Portanto, tentar oferecer algo que ele obviamente não quer ou deu sinal de recusa várias vezes não é das ações mais inteligentes.

Nessa situação, a melhor solução é dar um passo atrás, para escutar a sua opinião e oferecer o que ele realmente procura ou, se for o caso, direcionar sua estratégia para um novo público-alvo.

Uma boa forma de descobrir isso é através de ações que estabeleçam uma comunicação próxima com o cliente. As corporações estabelecidas em São Paulo, por exemplo, podem encontrar essa solução com diversas empresas de Contact Center em SP, que estendem o contato para diversos canais além do telefone, de forma efetiva e especializada.

Por fim, para aumentar as chances de conversão, a empresa precisa compreender que isso acontece por meio de um processo: abordagem, manter o interesse, conversão e pós-venda.

Para entender melhor cada uma dessas etapas, confira a seguir:

Como abordar o cliente?

Não há uma estratégia única para a abordagem inicial com o cliente. Isso pode ser feito por meio de publicidade espontânea, propaganda, campanhas em redes sociais e contato por telefone. Para isso, é preciso uma equipe especializada e treinada para abordá-lo de forma sensitiva, pois, as chances de conclusão da venda já é estabelecida nos primeiros minutos de contato. Para isso, o primordial é que o vendedor entenda muito bem do produto e saiba como manter o cliente na linha até efetivar a venda de fato.

Como mantê-lo interessado?

O interesse do cliente dependerá muito das argumentações dadas. Para isso, é preciso conhecimento do público-alvo e saber quais são seus desejos e necessidades. Daí também vem a importância do contato por telefone, no qual, você pode criar uma proximidade maior e ter a atenção exclusiva do cliente. Assim, você pode faze-lo entender as vantagens do seu produto, bem como, compreender melhor o que ele está procurando.

Como concretizar a venda?

Com uma estratégia bem elaborada e com todas as etapas concluídas com êxito, finalizar a venda é só uma questão de tempo. Se durante todo o processo ele se manteve interessado, logo você vai saber se estava perdendo tempo com ele ou não. Para garantir isso, é preciso manter a mesma cordialidade e prestatividade do início. E, no momento de efetivação da venda é preciso agilidade, garantindo que o cliente não tenha nenhum transtorno para adquirir o produto ou para realizar o pagamento.

Ainda não acabou: o pós-venda

Tão essencial quanto todo o processo de venda é o pós-venda. Muitas vezes ele que garantirá se o cliente voltará a comprar com a empresa ou não. Sendo assim, prestar o suporte com foco na solução do problema, tirar dúvidas ou até mesmo ligar para saber sua opinião, são coisas que melhoram ainda mais a relação com o cliente, favorecendo para uma estratégia de fidelização.

Para elaborar estratégias de vendas efetivas, sempre é preciso um planejamento bem detalhado, com análises constantes dos resultados