Desafios da Instalação do BPO nas Empresas

Desafios da Instalação do BPO nas Empresas

Postado por: Just4Contact - 08/03/2018

Desafios da instalação do BPO nas empresas

Cada vez mais, as empresas estão compreendendo a importância de pensar de maneira competitiva e investir em práticas que as tornem destaques de mercado. Por isso, muitas têm apostado no chamado BPO.

Trata-se de uma maneira de reduzir custos e aumentar a produtividade da empresa. O processo não é complexo, mas pode encontrar resistência na sua implantação.

Saiba o que é BPO e quais os principais desafios para a empresa que pretende instalá-lo.

O que é BPO ?

A sigla BPO é a abreviatura de Business Process Outsourcing, o que pode ser traduzido para o português como Terceirização de Processos de Negócio.

Trata-se de uma série de medidas adotadas para diminuir os custos que a empresa possui em relação às tarefas que não têm relação com a atividade-fim da empresa.

Além disso, o BPO auxilia a empresa de outras formas como na colaboração para o aumento da produtividade, o aumento do grau de inovação e também como uma vantagem competitiva em relação às empresas concorrentes.

 A diferença de BPO para terceirização

Muitas pessoas confundem o BPO com o processo de terceirização. Isso é comum, pois, à primeira vista, os processos parecem idênticos, mas, com uma análise mais profunda, nota-se a diferença entre ambos.

O BPO é uma terceirização mais abrangente e se baseia em uma otimização dos recursos necessários para atividades (Pessoas + Processos + Tecnologia) de uma empresa ou de apenas um setor.

Sua proposta é remodelar este conjunto de recursos para melhorias dentro da empresa que proporcionem um maior desempenho e qualidade para toda a organização.

Quem pode aplicar o BPO?

Há diversas empresas especializadas na aplicação do BPO. Elas são tecnicamente preparadas para estudar as operações de uma empresa que não têm relação direta com a atividade principal de uma organização.

Dentre os principais processos pelos quais as empresas de BPO são responsáveis, os mais conhecidos são: gestão de informações por meio da organização, realização de BackOffice, digitalização de documentos importantes, gestão de plataformas integradas, softwares, logística e até auditoria dos processos. Entretanto, atualmente as empresas de BPO podem absorver qualquer atividade que não seja a atividade principal da contratante.

Desafios da implantação do BPO

Como todo processo novo, o BPO pode ser um pouco delicado de ser implantado dentro da empresa. São vários os pontos de atenção na sua efetivação dentro de uma organização. Confira a seguir os principais:

Cumprimento de serviços

Para haver êxito na implantação, é importante determinar previamente quais serão os serviços a serem cumpridos. Por isso, é importante também que seja determinado de forma clara e objetiva os SLAs, todas as premissas e responsabilidades de ambas as partes, além de resultados esperados em contrato.

Clareza nas cláusulas

Cláusulas contratuais simples devem ser implementadas de forma que ambas as partes tenham total clareza sobre suas responsabilidades e obrigações.

Avaliação das tarefas que podem ou não serem terceirizadas

Não são todas as funções organizacionais (inclusive as de TI) que podem ser terceirizadas. As tarefas indicadas para a terceirização são aquelas que não agregam valor no negócio da empresa, isto é, as principais atividades referentes as estratégias devem permanecer no Core Business na organização.